30 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
21/03/24 às 15h38 - Atualizado em 21/03/24 às 15h53

Inaugurado o Primeiro Comitê de Proteção à Mulher no Itapoã

COMPARTILHAR

Agora, o DF conta com 15 unidades de acolhimento à Mulher, administradas pela Secretaria da Mulher. O primeiro Comitê de Proteção à Mulher foi inaugurado na manhã desta quinta-feira (21), no Itapoã.

O evento contou com a presença da vice-governadora do DF, Celina Leão

da Deputada Distrital, Doutora Jane e da Secretária da Mulher, Giselle Ferreira, além do administrador do Itapoã, Dílson Bulhões e outras autoridades presentes na cerimônia. O local, de responsabilidade da Secretaria da Mulher (SMDF), tem como principal objetivo a proteção e promoção dos direitos da mulher em situação de violência doméstica e familiar, visando o atendimento acolhedor e direcionado das mulheres com direitos ameaçados ou violados. Localizado dentro da Administração Regional da cidade, a ideia é que o espaço seja um ponto de acolhimento para aquelas que estão passando por situações de violência. A unidade contará com profissionais capacitados para atender às mulheres, familiares e pessoas dispostas a denunciar situações de violência doméstica. A principal ideia é estar perto daquelas que mais precisam, destacou a Secretária da Mulher, Giselle Ferreira. "Com esse novo espaço, a Secretaria da Mulher contará com 15 equipamentos públicos de acolhimento à mulher. Isso reforça o compromisso do nosso governo em promover a igualdade de gênero e combater a violência contra as mulheres", disse. Outro objetivo é criar uma ponte entre as mulheres em situação de vulnerabilidade e os programas e projetos realizados pela Secretaria da Mulher e incentivar as denúncias, uma vez que é por meio delas que se pode interromper o ciclo de violência, impedindo que situações futuras ocorram e evitando novos casos de feminicídio. A Subsecretária de Proteção à Mulher, Luana Maia, responsável pela gestão da nova unidade, reforça que essa é uma política pública que se estenderá. "Queremos, cada vez mais, proteger as mulheres e os comitês são um lugar de esperança. Inicialmente, vamos levar os comitês para sete regiões administrativas, começando pelo Itapoã e, em seguida, vamos atender às demais regiões administrativas", destacou.

A criação dos locais foi aprovada pela lei nº 7.266/2023, sancionada pelo governador Ibaneis Rocha.

A medida estabelece a criação de comitês em cada região administrativa. Lago Norte, Estrutural, Águas Claras, Santa Maria, Ceilândia e Sobradinho são as próximas cidades a receberem novos comitês de proteção à mulher.

Comitê de Proteção à Mulher

Local: Administração Regional do Itapoã, localizada na Quadra 378 A/E 04 Conj A – Itapoã, Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes