12 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/12/21 às 9h32 - Atualizado em 9/12/21 às 9h35

Empresários do Itapoã e Paranoá agradecem ações do GDF pela retomada econômica

COMPARTILHAR

O governador Ibaneis Rocha se reuniu com empresários e comerciantes no Itapoã para um almoço. Na pauta, ou melhor, no cardápio estavam as ações que o Governo do Distrito Federal (GDF) tem realizado para retomar e fortalecer a economia, ao mesmo tempo em que enfrenta uma pandemia de covid-19. A desburocratização dos serviços e a parceria com os empresários também foram assuntos do encontro.

“Brasília estava jogada às traças, pois faltava quem quisesse trabalhar e valorizar quem trabalha. Quando assumimos, os empresários do DF tinham os pés bem atrás em relação a tudo do governo, que só servia para fiscalizar, derrubar, atrapalhar a vida dos comerciantes e até os projetos do Pró-DF estavam acabados pelos cantos. Nós assumimos e montamos uma equipe de trabalho e juntamos pessoas para reconstruir a cidade”, disse o governador Ibaneis Rocha.

Para não perder de vista as medidas adotadas ao longo de três anos, mas principalmente as mais recentes, há quem anotasse – entre os presentes no almoço – os gestos de parceria e comprometimento do governo: postergar ou isentar pagamento de impostos; reduzir a base de cálculo do ICMS para 14 produtos na cesta básica; os programas Pró-Economia I e II; o Refis; a regularização do Pró-DF; as operações de crédito via Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) na modalidade empresarial; o menor prazo do país para abertura de empresa e o programa Simplifica PJ foram algumas das ações citadas.

“Gostaria de elogiar as medidas que o governo têm tomado para o setor e que tem nos ajudado a crescer, seja na desburocratização de serviços, no diferimento de impostos e também na redução de ICMS em alguns produtos”, agradeceu José Reis, proprietário do Atacadão Comercial Reis, anfitrião do encontro.

“Queremos o empresariado investindo com segurança jurídica, com a certeza de que vai poder crescer com os empregos gerados, criar os filhos de forma honesta e sem ser explorado pelo governo”, acrescentou Ibaneis Rocha.

Essas e outras ações refletem nos números de emprego – 48 mil gerados – e na queda do desemprego, que registrou 18,6% em outubro, segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED). Números que reforçam a retomada econômica e a promessa de um 2022 ainda melhor para o DF.

“Nós encontramos nesse governo um atendimento mais humano, o acesso dos empresários melhorou. É um governo que entende a importância do empresário na sociedade e que entende que nós fazemos parte do crescimento das cidades, como se fôssemos um braço do Estado. Das vezes que precisamos, encontramos equipes com respostas rápidas e desburocratizadas, até nas coisas mais simples”, acrescentou José Reis.

 

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes