15 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
17/03/15 às 13h26 - Atualizado em 21/11/18 às 14h03

Funcionária do Metrô-DF é indicada a prêmio nacional

COMPARTILHAR

Na chefia de 36 funcionários, engenheira pernambucana de 50 anos concorre ao Ferroviário Padrão nesta terça-feira (17)

Da Agência Brasília, com informações da Companhia do Metropolitano do DF

14 de março de 2015 – 16:06

Foto: Renato Araújo/Agência BrasíliaFuncionária do Metrô-DF é indicada a prêmio nacional

 

Funcionária desde 1998, a chefe da Divisão de Controle Operacional do Metrô-DF, Inalba Maria Morais Galvão, 50 anos, foi indicada pela presidência da empresa para concorrer ao prêmio nacional Ferroviário Padrão 2014. A solenidade será realizada nesta terça-feira (17), em São Paulo.

Na chefia de uma equipe de 36 controladores há oito anos (entre eles, apenas uma mulher), a engenheira é a primeira mulher concursada a pilotar um trem de metrô no país, em Recife, em 1986.

Natural de Sertânia (PE), estudou engenharia civil na Universidade Federal de Pernambuco e, aos 21 anos, passou no concurso para trabalhar como piloto. “Não era comum ver mulheres dirigindo ônibus ou táxi como hoje; imagina um trem”, compara.

Inalba lembra que os usuários do metrô em Recife ficavam surpresos ao saber que uma mulher pilotava os vagões. “O mais engraçado é que aprendi a pilotar trem antes mesmo de dirigir carro.”

Dia da Mulher – Durante as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher no domingo passado, a imprensa brasiliense divulgou a história de Inalba — casada e mãe de uma jovem de 12 anos —, e ela foi homenageada pela presidência da empresa durante cerimônia para funcionários. 

Como chefe da Divisão de Controle Operacional do Metrô-DF, é responsável pela coordenação, controle e suporte administrativo, operacional e técnico das atividades desenvolvidas no Centro de Controle Operacional: “Tenho o maior orgulho do que faço e tento passar para a minha filha a importância de lutar pelo que se quer”.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros